4 comentários:
De a-terceira-ndo a 3 de Abril de 2007 às 00:56
como habitual "vizinha"...excelente.
Um retrato triste mas harmonioso.
De Rosa Silva ("Azoriana") a 17 de Março de 2007 às 02:09
Obrigada pelos vossos comentários.
A inspiração só pode ter vindo da minha mãe. Assim, sem dor, que bom seria vê-la!

De Gustavo Figueiredo a 9 de Fevereiro de 2007 às 17:30
Simplesmente belo, na dor e no amor...
De sapinho a 23 de Janeiro de 2007 às 23:37
Sou o autor do poema 12, que foi feito a brincar, mas quero dizer que gostei muito deste poema, que é sério. Parabéns Azoriana.

Comentar post