3 comentários:
De Free a 27 de Julho de 2010
Obrigado aos dois!
fui eu que escrevi!
De yrshad a 22 de Fevereiro de 2009
muito lindo o poema tambem tenho um
nasce policia
cresce ladrao
a primeira coisa
que robei
foi
o
te
coracao
De Patricia a 5 de Abril de 2008
Adorei !
simplesmente lindo!
gostava que as palavras me corressem pela caneta
assim como elas e correm a ti
gostava de saber descrever uma gaveta vazia
assim como descreves o vazio de uma gaveta
algo neste poema me inspirou
para o poema que de minha boa desbotou
como as cores de uma peça de roupa
que talvez um pouco rouca
conseguisse gritar ao mundo...
já não sou a mesma desde que perdi a cor,
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Adorei ! <BR>simplesmente lindo! <BR>gostava que as palavras me corressem pela caneta <BR>assim como elas e correm a ti <BR>gostava de saber descrever uma gaveta vazia <BR>assim como descreves o vazio de uma gaveta <BR>algo neste poema me inspirou <BR>para o poema que de minha boa desbotou <BR>como as cores de uma peça de roupa <BR>que talvez um pouco rouca <BR>conseguisse gritar ao mundo... <BR>já não sou a mesma desde que perdi a cor, <BR class=incorrect name="incorrect" <a>ja</A> não sou a mesma desde que li este poema!

Comentar post