5 comentários:
De giovanna a 17 de Fevereiro de 2009
adorei o poema ,axo q teve tanto impacto em mim ,fe-me lembra de um amor imenso do passado...alias ao ler o poema senti como se tivesse a contar aquela paixao platonica q vivi e emocionei imenso
De Pedro Leitão a 15 de Abril de 2007
tinha tanto potencial... e deixa-me apenas morno. Gostei imenso da dinâmica criada, muito bo aideia, mas acho que falha em capilatizar no final... alguma métrica forçada e a rima poderia ter sido mais imaginativa... porque a ideia em si está muito boa...
*
De Descontente a 19 de Abril de 2007
Repara bem nos teus erros ortográficos...
E depois comenta...com isenção
De Pedro Leitão a 18 de Junho de 2007
cala-te o atrasado
De L.B. a 25 de Março de 2007

É assim o AMOR... Morre sem ter vivido.

Deixa oco o que nunca foi, plenamente, preenchido...

Lindo o seu poema!




Comentar post