Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

(4) Chorei

Chorei

 

Chorei, chorei baixinho…

Uma lágrima caiu no silêncio da noite.

Um silêncio triste e profundo

Que me trás uma leve brisa de saudade.

Um conjunto de sentimentos

Que se transformam num sonho,

Um sonho que se desfaz em nada,

Um nada que afinal é tudo

Mas um tudo que eu não sei se existirá…

Sei apenas o que sinto.

Sinto um vazio na alma,

E, ao mesmo tempo,

Uma eterna e paciente esperança

Capaz de secar todas as lágrimas

Que eu já chorei e mais aquelas

Que eu sei que ainda vou chorar…

… Por nós …

Por ti, por mim

E por este sentimento ao qual eu não consigo dar um fim.

Sentimento esse, capaz de ultrapassar

Qualquer barreira só para estar contigo.

Será esse sentimento forte

Que se chama "amor"?

 

Rute Lopes

publicado por poesiaemrede às 18:10
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Sara Nobre a 7 de Janeiro de 2007 às 13:57
Está muito bonito o poema, muito profundo e retrata na perfeição esse sentimento a que todos chamam de amor

Comentar post

. Índice dos Poemas de Amor

.Poemas a Concurso

. Publicação Final

. (152) Cinzas

. (151) Sentei-me à beira-m...

. (150) Caí na desgraça

. (149) O amor é o fim

. (148) Um Mundo de Sonho/U...

. (147) O tempo

. (146) Não foi à primeira

. (145) Amor

. (144) Deixa o sol saber e...

. (143) Do Amor

. (142) História de vida (A...

. (141) Te quero...

. (140) Infinito

. (139) Sonhar é viver...

. (138) Momento de Amar

. (137) Amar com seis senti...

. (136) "Sem título"

. (135) Poema Tropical

. (134) O que sinto : é amo...

. (133) Play

. (132) Continua*

. (131) Tu és...

. (130) Amor de Noite e Dia

. (129) Aparece

. (128) Graças a ti...

. (127) Je T' Aime

. (126) Amanhecendo em ti

. (125) Sentimento do Amor

. (124) Querer Bem

. (123) Magia transparente

. (122) Margens de mim

. (121) Sou... Ser...

. (120) Hoje olho-te

. (119) Moras num livro

. (118) Pra que nome?

. (117) Solidão

. (116) "Triefe"

. (115) Partiste, sem satis...

. (114) União

. (113) Ode Única

. (112) Lá na esquina da ca...

. (111) Amor

. (110) Sinto...

. (109) Paixão Proibida!

. (108) Momento

. (107) Os olhos do meu amo...

. (106) Quero cada uma das ...

. (105) Tempo

. (104) O que é o amor?...

.Mais Poemas

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Limitações na base dos Blogs SAPO não nos permitem publicar, conforme prevíamos, um link directo para os primeiros poemas. Aos visados as nossas desculpas.

.links

.Poesia em Rede


. Poesia em Rede

. seguir perfil

. 18 seguidores

blogs SAPO

.subscrever feeds