Domingo, 1 de Abril de 2007

(148) Um Mundo de Sonho/Um Sonho de Mundo

Um Mundo de Sonho/Um Sonho de Mundo


Deslizo pelas rugas dos lençóis,

O lume do dia
Vem brincar sobre o teu corpo.
Olho-te…Espero-te…
Saímos,
Vulgos exploradores,
Com vontade de descobrir recantos
Torná-los nossos.
Naquela loucura infantil
Característica dos amantes.
Conduzida por Ti, sorvo ruelas
Vislumbro varandins a dourar ao sol
Dirigimo-nos ao mar
Sabes sempre,
Adivinhas sempre, onde quero estar!
Sol, areia e salpicos salgados.
Envolto pelas lágrimas marinhas,
Reflectes-te em mil pedaços,
Cada qual com o seu brilho,
A sua cor…
As minhas mãos procuram as tuas,
Querem entrelaçá-las, guardá-las…
Hoje, tenho as tuas gargalhadas,
Diluídas na brisa fresca que teima em brincar com os meus cabelos.
Os raios de sol vêm,
Suavemente,
Despedir-se de nós….
Deslizo pelas rugas dos lençóis
E, acordo d’um dia perfeito
No sonho de uma noite.

 

Ricky

publicado por poesiaemrede às 01:36
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Bovil E. Fijamo a 12 de Fevereiro de 2014 às 07:13
Feliz q nao encontro palavras pra dizer o quanto eu gosto vos amo
De Bovil E. Fijamo a 12 de Fevereiro de 2014 às 01:38
Obrigado
De Anónimo a 23 de Janeiro de 2014 às 22:35
Pra o meu amor
De cecilia correia a 23 de Janeiro de 2014 às 22:35
Pra o meu amor
De Herminio Jose Andrade a 1 de Dezembro de 2013 às 12:28
100%lindo
De haissa mulungo a 29 de Setembro de 2013 às 11:18
muito linda
De tamires a 23 de Setembro de 2013 às 12:17
eu amo poemas e esse poema e lindo nao me canso de ler poemas
De Eduarda a 31 de Maio de 2013 às 23:23
e tao romantigo?
De tatiane a 17 de Maio de 2013 às 21:35
QUERE mos ser amado
De Elisângela a 24 de Março de 2013 às 12:47
amar e tudo na vida.. o amor faz do nada ser tudo na vida de alguém

Comentar post

Site_Poesia_em_Rede
. Índice dos Poemas de Amor

.Poemas a Concurso

. Publicação Final

. (152) Cinzas

. (151) Sentei-me à beira-m...

. (150) Caí na desgraça

. (149) O amor é o fim

. (148) Um Mundo de Sonho/U...

. (147) O tempo

. (146) Não foi à primeira

. (145) Amor

. (144) Deixa o sol saber e...

. (143) Do Amor

. (142) História de vida (A...

. (141) Te quero...

. (140) Infinito

. (139) Sonhar é viver...

. (138) Momento de Amar

. (137) Amar com seis senti...

. (136) "Sem título"

. (135) Poema Tropical

. (134) O que sinto : é amo...

. (133) Play

. (132) Continua*

. (131) Tu és...

. (130) Amor de Noite e Dia

. (129) Aparece

. (128) Graças a ti...

. (127) Je T' Aime

. (126) Amanhecendo em ti

. (125) Sentimento do Amor

. (124) Querer Bem

. (123) Magia transparente

. (122) Margens de mim

. (121) Sou... Ser...

. (120) Hoje olho-te

. (119) Moras num livro

. (118) Pra que nome?

. (117) Solidão

. (116) "Triefe"

. (115) Partiste, sem satis...

. (114) União

. (113) Ode Única

. (112) Lá na esquina da ca...

. (111) Amor

. (110) Sinto...

. (109) Paixão Proibida!

. (108) Momento

. (107) Os olhos do meu amo...

. (106) Quero cada uma das ...

. (105) Tempo

. (104) O que é o amor?...

.Mais Poemas

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

Limitações na base dos Blogs SAPO não nos permitem publicar, conforme prevíamos, um link directo para os primeiros poemas. Aos visados as nossas desculpas.

.Poesia em Rede

blogs SAPO

.subscrever feeds

Cell Phones